EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Technoboss", pelos caminhos do Portugal surreal

"Technoboss", pelos caminhos do Portugal surreal
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O filme marca a estreia de Miguel Lobo Antunes como ator e tem uma música difícil de esquecer.

PUBLICIDADE

Miguel Lobo Antunes esperou pelos 70 anos para começar uma carreira de ator. Estreou-se agora em "Technoboss", o novo filme de João Nicolau, em que interpreta um representante comercial à beira da reforma que se apaixona pela rececionista de um hotel. O filme, que passou por cinco festivais (com estreia mundial em Locarno, foi também filme de encerramento do DocLisboa) e está agora em exibição em Portugal, tem o seu quê de romântico e também o seu quê de absurdo e surrealista.

Tem, sobretudo, uma música que é difícil sair da cabeça...

Nós bem avisámos: Dificilmente a música lhe vai sair da cabeça.

"Lembrei-me das viagens longas de carro, em que nos esquecemos de nós mesmos, nos abandonamos e é como se fosse uma bolha de intimidade - pública, porque podemos ser vistos - essa foi a primeira pedra de construção do filme. É, se quisermos, quase um musical, quase um road movie, quase uma comédia romântica, sendo que se calhar tem algo de todos estes elementos e é uma proposta que não se enquadra bem em nenhum deles", contou João Nicolau à Euronews.

Veja aqui a "selfie-entrevista" de Rui Pedro Tendinha a Miguel Lobo Antunes.

"Technoboss" está em exibição nas salas de cinema portuguesas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chega ao fim a 44ª edição do Fantasporto. Conheça os filmes vencedores

Abertura da Bienal de Veneza marcada pelas guerras

Descoberto salão de banquetes em Pompeia