Chile prepara nova Constituição

Chile prepara nova Constituição
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo de Sebastián Piñera cede à pressão popular após três semanas de violência

PUBLICIDADE

Foram três semanas de violência no Chile, com duas dezenas de mortes a lamentar, e em que os canhões de água e o gás lacrimogéneo se revelaram inúteis na tentativa de acalmar os manifestantes. E se a repressão não calou a sua voz, o governo finalmente começou a escutar e cedeu à principal reivindicação.

O executivo chileno anunciou que iniciou o processo rumo a uma nova Constituição, indo além da vontade do presidente Sebastián Piñera, que pretendia apenas efetuar algumas alterações na Constituição atual, em vigor desde a ditadura de Pinochet.

A nova Constituição será alcançada através de um Congresso Constituinte e o governo já pediu uma ampla participação dos cidadãos. Os prazos para o processo, no entanto, não foram ainda definidos.

Editor de vídeo • Bruno Sousa

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chilenos continuam a protestar nas ruas da capital

Após renuncia do Chile, cimeira do Clima "muda-se" para Madrid

Partido oposto a reforma conduzirá processo de revisão constitucional