Última hora
euronews_icons_loading
Dois franceses voam na fenda da Montanha de Tianmen

Dois franceses, com asas propulsionadas por jactos, voaram na quinta-feira pela caverna mais alta do mundo, a caverna de Tianmen, perto de Zhangjiajie, na província de Hunan, no centro da China.

Vincent Philippe Reffet e Frederic Yves Fugen foram transportados de helicópters a uma altura vertiginosa antes de caírem no céu à velocidade de 385 quilómetros por hora. A dupla, lado a lado, finalmente voou através da caverna de 131,5 metros de altura, 57 metros de largura, 60 metros de profundidade.

Para além da travessia da caverna, a ousada dupla mostrou uma série de acrobacias de rotação e suspensão no céu, sobre a Montanha Tianmen.