Processo de destituição a Trump inquieta militares ucranianos

Processo de destituição a Trump inquieta militares ucranianos
Direitos de autor 
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Apoio militar dos Estados Unidos tem sido fundamental para as forças ucranianas no terreno

PUBLICIDADE

O processo de destituição de Donald Trump chamou a atenção para a cooperação militar entre Estados Unidos e Ucrânia. Os quatrocentos milhões de dólares retidos pelo Presidente norte-americano podem não ser decisivos no conflito que opõe os ucranianos à Rússia mas fazem a diferença no terreno.

Rostyslav Pokotylo é um soldado ucraniano que agradece a vida ao equipamento militar norte-americano, mais concretamente a uns binóculos de visão noturna:

"Em 2017, quando andava a recolher informação dei por mim no meio de uma zona de combate. Se não fossem estes binóculos, quem sabe o que teria acontecido...consegui ver o inimigo antes de ser visto"

Entre as forças ucranianas reina o receio do abandono norte-americano. Não só porque o caso enfraqueceu as relações entre os dois países, mas também porque fragilizou a posição de Volodymyr Zelenskiy antes das negociações de paz com Vladimir Putin, no próximo mês em Paris.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pentágono promete envio imediato de armas à Ucrânia, se financiamento for aprovado

Ucrânia com falta de munições pede mais investimento nas forças armadas

Zelenskyy apela à união do mundo livre, G7 concorda restringir importação de diamantes russos