EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Albânia faz busca desesperada por sobreviventes do terremoto

Albânia faz busca desesperada por sobreviventes do terremoto
Direitos de autor REUTERS/Florion Goga
Direitos de autor REUTERS/Florion Goga
De  Luis Guita
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Albânia faz busca desesperada por sobreviventes do terremoto que provocou dezenas de mortos, centenas de feridos e milhares de desalojados

PUBLICIDADE

Albânia de luto faz uma busca desesperada por sobreviventes, após o terremoto de magnitude 6,4 na escala de Richter que provocou cerca três dezenas mortos e mais de 600 feridos.

Só num estádio, na cidade de Durres, há milhares de pessoas abrigadas em tendas.

"Este é um acampamento temporário no estádio Niko Dovana, na cidade de Durres. Há aproximadamente 2.500 pessoas que se abrigaram aqui. Já tive a oportunidade de falar com uma família com crianças, crianças pequenas, elas não conseguiram entender nada do que se estava a passar," revela a jornalista da Euronews na Albânia, Ilva Tare.

O poderoso terremoto que atingiu este país dos Balcãs fez-se sentir com particular intensidade nas cidades de Durres, no Adriático, e Thumane, ao norte da capital Tirana.

"É um pouco caótico, se é que podemos usar essa palavra. Em termos das necessidades das pessoas, está tudo no lugar. Muitas instituições governamentais e não-governamentais, e outras organizações, estão correr para tentar ajudar as pessoas," explica o representante da Cruz Vermelha Albânia, Fatos Xhengo.

Os países vizinhos juntaram-se às operações de resgate. A Sérvia enviou equipas especializadas e o Kosovo enviou ajuda humanitária.

Itália, França, Roménia, Turquia, Grécia, Croácia e Montenegro também enviaram cerca de 200 militares, cães farejadores e equipamento para ajudar no esforço de socorro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Réplicas sísmicas atingem Albânia

Albânia enfrenta falta de recursos durante época de incêndios

Incêndio de grande dimensão no sul da Albânia