Última hora
This content is not available in your region

Escavadora de Johnson marca fecho da campanha eleitoral

euronews_icons_loading
Escavadora de Johnson marca fecho da campanha eleitoral
Tamanho do texto Aa Aa

Nem que seja com a força bruta de uma escavadora, Boris Johnson quer derrubar os muros que ainda separam o Reino Unido do Brexit e foi isso mesmo que quis simbolizar com esta ação, em que derrubou um muro com a palavra "impasse" numa escavadora (fabricada pela JCB, empresa que apoia a campanha de Johnson) com o slogan que tem repetido constantemente, get Brexit done ("concretizar o Brexit").

Foi assim o encerramento da campanha do primeiro-ministro e dos Conservadores para as eleições gerais britânicas desta quinta-feira: "Na quinta-feira, é altura de todo o país, simbolicamente, entrar na cabine de uma escavadora e derrubar o bloqueio que temos no nosso sistema parlamentar. É disso que precisamos", disse Johnson.

Os conservadores de Johnson são dados vencedores pelas sondagens, com uma maioria parlamentar como resultado mais provável e os trabalhistas de Jeremy Corbyn a cerca de dez pontos. O líder trabalhista mantém a esperança: "Encorajo todos a votar trabalhista. Publicámos um manifesto, um programa completo para este país. É um programa com todos os custos calculados, que vai acabar com as desigualdades, a injustiça e a pobreza no país e ivestir no futuro. Não queremos entrar em coligações ou votos úteis, queremos vencer estas eleições", disse Corbyn.

É a resposta de Corbyn aos críticos que sugeriram acordos com os liberais-democratas, em certos círculos eleitorais, de forma a fortalecer o ataque a Johnson. Os LibDems, liderados por Jo Swinson, apresentam-se com um discurso fortemente anti-Brexit.