Última hora
This content is not available in your region

Último discurso de Isabel II antes do Brexit: a rainha faz o balanço de um ano histórico

euronews_icons_loading
Último discurso de Isabel II antes do Brexit: a rainha faz o balanço de um ano histórico
Direitos de autor  (EN)
Tamanho do texto Aa Aa

Na tradicional mensagem de Natal da monarca britânica, a rainha Isabel II deixará um apelo à união e à necessidade de reconciliação, num momento em que o Reino Unido se prepara para a saída da União Europeia.

De acordo com a informação divulgada, no discurso desta quarta-feira a rainha deverá aludir aos tempos difíceis e às dificuldades atravessadas no país depois de um ano marcado pelo Brexit mas também por escândalos e mudança no seio da família real britânica.

Ao fim de três anos e meio de caos político e negociações para um acordo de brexit, o discurso deverá ainda abordar o futuro do Reino Unido fora da União Europeia.

Para muitos, 2019 foi um novo annus horribilis para a família real britânica.

A amizade e alegado envolvimento do príncipe André com o milionário Jeffrey Epstein, condenado pelo abuso sexual de menores, resultou no seu afastamento de funções oficiais da coroa.

O príncipe Harry e esposa, a norte-america Meghan Markle, tornaram público o seu desagrado perante a pressão mediática bem como a sua luta judicial contra tabloides britânicos.

Os duques de Sussex optaram também por passar o Natal com o filho de sete meses, no Canadá, quebrando a tradição da família real britânica, que se reúne em Sandringham para a época Natalícia.

A saúde do príncipe Filipe é também uma preocupação constante. O duque de Edimburgo, que conta 98 anos, começou o ano com um acidente de viação, na sequência do qual, renunciou voluntariamente à carta de condução.

O marido da rainha Isabel II foi visto em público pela última vez em maio deste ano e foi hospitalizado no dia 20 de dezembro, tendo recebido alta esta terça-feira.