ONU aprova resolução que condena abuso de direitos a minorias

ONU aprova resolução que condena abuso de direitos a minorias
Direitos de autor AP / Bernat Armangue
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Assembleia-gera da ONU aprovou documento que protege, por exemplo, os Rohingya

PUBLICIDADE

A Assembleia Geral da ONU aprovou uma resolução esta sexta-feira que condena os abusos dos direitos humanos contra os muçulmanos Rohingya em Myanmar e contra outras minorias. A resolução condena especificamente atos de violência como tortura, violação e detenções ilegais.

Dos 193 presentes, 134 votaram a favor da resolução, 9 contra e houve ainda 28 abstenções a favor da documento, o qual também pede ao governo do Myanmar que tome medidas urgentes.

Na mesma sessão, foi ainda aprovada uma resolução russa de combate ao cibercrime.

Esta resolução recebeu 79 votos a favor, 60 contra e 33 abstenções. EUA e União Europeia não deixaram passar o documento que se baseia na elaboração de um novo tratado internacional. Os representantes justificaram o voto negativo com a existência de uma entidade da ONU que já se dedica ao crime informático.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rohingyas encontram a morte numa perigosa viagem para um destino incerto

Defensores dos Rohingya prometem vigiar Myanmar

Rohingya e Iémen em destaque nos Pulitzer