Embaixada dos EUA no Iraque destruída em resposta ao raide aéreo

Embaixada dos EUA no Iraque destruída em resposta ao raide aéreo
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vídeo amador mostra o momento em que os apoiantes das milícias pró-iranianas entram nas instalações norte-americanas

PUBLICIDADE

Em Bagdade, no Iraque, o último dia de 2019 fica marcado pelos protestos em frente à embaixada dos EUA. Centenas de apoiantes das milícias pró-iranianas atacaram as instalações norte-americanas como resposta aos bombardeamentos aéreos que os EUA fizeram este domingo, contra a base da milícia Hezbollah de Kataeb.

Donald Trump condenou o comportamento no Twitter e criticou a posição do governo em não proteger a embaixada dos EUA.

Os videos amadores, gravados apoiantes da milicia pró-iraniana, vê-se os manifestantes a entrar à força nas instalações e a destruir o que estava no interior.

Os EUA justitifcaram o ataque com a morte de um soldado norte-americano. Os bombardeamentos provocados pelos EUA tiraram a vida a 25 combatentes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grupo Estado Islâmico reivindica atentados suicidas

Iraque: 25 mortos em ataque americano contra forças pró-iranianas

Estados Unidos lançam ataque maciço contra milícias no Iraque e na Síria