Última hora
This content is not available in your region

Presidente ucraniano recusa demissão de primeiro-ministro

euronews_icons_loading
Presidente ucraniano recusa demissão de primeiro-ministro
Direitos de autor  Ukrainian Presidential Press Office via AP
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Ucrânia recusou a demissão do primeiro-ministro.

Oleksiy Honcharuk apresentou a carta de resignação após ter circulado nas redes sociais, nos últimos dias, uma gravação onde critica os conhecimentos "primitivos" sobre economia do chefe de Estado, que antes de assumir o cargo, em agosto, era humorista.

Volodymyr Zelenskiy recusou a demissão. O presidente afirmou que pretende, com isto, dar uma segunda oportunidade ao Governo de Honcharuk de modo a que consiga resolver as questões que preocupam a população. Zelenskiy afirmou, ainda, que esta não é a altura para o país enfrentar uma desestabilização económica e política.

O primeiro-ministro afirmou que o áudio foi manipulado e que tem por objetivo criar atrito entre o Governo e o presidente.

O chefe de Estado lamentou o episódio e ordenou uma investigação para apurar os autores da gravação. Volodymyr Zelenskiy quer saber, ainda, que participou na alegada conversa com Oleksiy Honcharuk.