Presidente ucraniano recusa demissão de primeiro-ministro

Presidente ucraniano recusa demissão de primeiro-ministro
Direitos de autor Ukrainian Presidential Press Office via AP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Volodymyr Zelenskiy recusou a demissão. O presidente afirmou que pretende, com isto, dar uma segunda oportunidade ao Governo de Oleksiy Honcharuk. Zelenskiy afirmou, ainda, que esta não é a altura para o país enfrentar uma desestabilização

PUBLICIDADE

O presidente da Ucrânia recusou a demissão do primeiro-ministro.

Oleksiy Honcharuk apresentou a carta de resignação após ter circulado nas redes sociais, nos últimos dias, uma gravação onde critica os conhecimentos "primitivos" sobre economia do chefe de Estado, que antes de assumir o cargo, em agosto, era humorista.

Volodymyr Zelenskiy recusou a demissão. O presidente afirmou que pretende, com isto, dar uma segunda oportunidade ao Governo de Honcharuk de modo a que consiga resolver as questões que preocupam a população. Zelenskiy afirmou, ainda, que esta não é a altura para o país enfrentar uma desestabilização económica e política.

O primeiro-ministro afirmou que o áudio foi manipulado e que tem por objetivo criar atrito entre o Governo e o presidente.

O chefe de Estado lamentou o episódio e ordenou uma investigação para apurar os autores da gravação. Volodymyr Zelenskiy quer saber, ainda, que participou na alegada conversa com Oleksiy Honcharuk.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eleições locais pouco auspiciosas para Zelensky

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude

Trump diz que não tem dinheiro para pagar caução de 454 milhões de dólares ao tribunal