Última hora
This content is not available in your region

Itália: Extrema direita pode ganhar as eleições na Emilia Romagna

euronews_icons_loading
Itália: Extrema direita pode ganhar as eleições na Emilia Romagna
Direitos de autor  .
Tamanho do texto Aa Aa

Os eleitores italianos das regiões de Emilia Romagna e Calábria votam este domingo em eleições regionais.

As duas regiões até agora governadas pela esquerda poderão virar à direita.

Na Calábria, as sondagens dão vantagem à candidata da Forza Itália, Jole Santelli.

A Emilia Romagna, bastião histórico da esquerda e uma das regiões economicamente mais fortes e com a menor taxa de desemprego de Itália, tem visto a direita popular progredir. A Liga do Norte venceu as eleições europeias do ano passado.

A candidata da direita é Lucia Borgonzoni, mas tem sido Matteo Salvin, o líder da Liga do Norte, quem tem feito campanha. Salvini quer uma vitória que terá forte simbolismo, mas quer, sobretudo, abanar a frágil coligação de esquerda do governo nacional e já afirmou que se ganhar nesta região pede legislativas antecipadas.

Na sequência das eleições europeias surgiu, em Bolonha, o Movimento das Sardinhas". Este domingo, a Itália saberá se a Emilia Romagna terá sardinhas suficientes para travar a ascensão da extrema direta.