Última hora
This content is not available in your region

Coronavírus: Sobe para 11 o número de mortos em Itália

euronews_icons_loading
Coronavírus: Sobe para 11 o número de mortos em Itália
Direitos de autor  Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved   -   Antonio Calanni
Tamanho do texto Aa Aa

Até ao final da noite desta terça-feira, 11 pessoas tinham morrido e mais de 320 estavam infetadas com o novo coronavírus em Itália. As autoridades de saúde registaram ainda as primeiras infeções no sul da península, com um caso positivo em Palermo e outro em Florença. São sobretudo pessoas idosas e debilitadas por outras patologias. De qualquer forma, os ministros da Saúde italiano, croata e alemão estiveram reunidos e para já as fronteiras vão manter-se abertas.

Roberto Speranza, o responsável pela pasta da Saúde em Itália, explicou no final do encontro em Roma, que "fechar as fronteiras seria uma medida inadequada, desproporcional e errada. Além disso, existe um compromisso de avaliar a possibilidade de manter grandes eventos culturais ou desportivos de nível europeu nestes países caso a caso "

Ao abrigo desta decisão, as autoridades francesas decidiram não anular o jogo da Liga dos Campeões desta quarta-feira entre a Juventus de Turim e o Olympique Lyonnais. Cerca de 3000 adeptos italianos da cidade de Piemonte devem rumar à cidade francesa para assistir à partida.

O ministro da Saúde francês, Olivier Véran, considera que "não há argumento médico e científico que nos leve a suspender eventos coletivos dessa natureza. O vírus não está se espalhar por França e os casos em Itália estão contidos".

Mas em França surgiram dois novos casos esta terça-feira. No resto da Europa, em Espanha, mais três novos pacientes infetados. Depois de dois casos de infeção pelo Covid-19 entre o final de janeiro e o princípio de fevereiro, Espanha anunciou três novos casos entre segunda-feira e hoje: um turista italiano e a mulher, hospedados num hotel de Tenerife (Canárias) e uma mulher de Barcelona (Catalunha) que regressou recentemente do norte de Itália.

Áustria confirmou dois novos casos no Tirol, perto da fronteira com a Itália. Na Croácia foi detetado o primeiro caso de coronavírus nos Balcãs e as autoridades suíças também confirmaram uma infeção. À medida que estes números aumentam, outros países da Europeus preparam-se para lidar com próprios surtos.