Última hora
This content is not available in your region

Covid19: Os números e as notícias de domingo, 22 de março

Covid-19: Madeira
Covid-19: Madeira   -   Direitos de autor  HOMEM DE GOUVEIA/ 2020 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
Tamanho do texto Aa Aa

19h23 (CET) - Merkel em quarentena domiciliária depois de contacto com médico infetado

A chanceler alemã, Angela Merkel, passou a estar em quarentena domiciliária. A informação foi transmitida pelo governo, logo depois da líder alemã ter realizado uma conferência de imprensa para explicar as últimas medidas adotadas contra o coronavírus.

O comunicado oficial não oferece mais detalhes mas de acordo com a televisão pública ZDF, que cita fontes governamentais, um médico que lhe deu uma vacina contra a gripe comum teria acusado positivo num teste ao novo coronavírus.

18h18 (CET) - Itália anuncia 651 mortos em 24 horas

A Itália contabilizou este domingo 5.476 mortes, mais 651 vítimas mortais em 24 horas. O número de contagiados está atualmente nos 46.638, ou seja, mais 3.957 num dia, anunciou o chefe da Proteção Civil italiana, Angelo Borrelli. É a primeira vez em vários dias que o número de vítimas mortais diminui. No sábado tinham sido contabilizados 793 mortos em 24 horas.

17h06 (CET) - Itália canaliza 50 ME para fabrico imediato de ventiladores e máscaras

A Comissão Europeia aprovou hoje uma ajuda estatal de Itália, o país europeu mais afetado pela covid-19, de 50 milhões de euros para apoiar o fabrico imediato de dispositivos médicos como ventiladores e equipamentos de proteção como máscaras.

16h27 (CET) - Boris Johnson alerta que propagação do vírus está "a acelerar" no Reino Unido

A propagação da covid-19 está "a acelerar" no Reino Unido, país ameaçado pela mesma crise que a Itália, caso as regras de distanciamento social não sejam respeitadas, alertou o primeiro-ministro, Boris Johnson, citado hoje pela imprensa.

"Os números são impressionantes e estão a acelerar. Estamos a apenas algumas semanas - duas ou três - da Itália. Os italianos têm um excelente sistema de saúde. E, no entanto, os seus médicos e enfermeiros estão completamente ultrapassados pela procura", alertou o primeiro-ministro, Boris Johnson, numa mensagem divulgada hoje por vários jornais.

15h00 (CET) - Espanha regista 394 mortos em 24 horas (+30%)

O número de mortos em Espanha por causa do coronavírus aumentou mais 394, um acréscimo de mais de 30%, elevando para 1720 vítimas mortais desde o início da pandemia, anunciou este domingo o Ministério da Saúde.

Os casos confirmados aumentaram 3646 entre sábado e domingo, o que significa que existem agora 28572 infetados confirmados. Espanha é o segundo país europeu mais afetado.

13h20 (CET) - Mais duas mortes por Covid-19 em Portugal

O número de mortes em Portugal subiu para 14, mais dois do que na última atualização da Direção Geral de Saúde (DGS), este sábado.O número de casos confirmados aumentou para 1600.

DGS revela ainda que estão internados 169 doentes, 41 deles nos cuidados intensivos.

13h00 (CET) - Autoridades vão repatriar mais de 1300 passageiros de cruzeiro que chegou a Lisboa

As autoridades portuguesas iniciaram uma operação de repatriamento de mais de 1300 passageiros que chegaram a Lisboa num navio de cruzeiro, dos quais 27 portugueses, no âmbito das medidas de combate à Covid-19, informou o Governo.

De acordo com uma nota do Ministério da Administração Interna (MAI), o navio de cruzeiro MSC Fantasia, proveniente do Brasil, chegou este sábado a Lisboa com 1338 passageiros, dos quais 27 são cidadãos portugueses.

O MAI refere que os restantes passageiros são provenientes de 38 países (maioritariamente da União Europeia, Reino Unido, Brasil e Austrália), decorrendo a operação "em articulação com diversas embaixadas destes países".

12h30 (CET) - Mais 394 mortos em Espanha nas últimas 24 horas

A escalada do número de mortos, vítimas do novo coronavírus, em Espanha não pára de aumentar. Nas últimas 24 horas morreram mais 394 pessoas, de acordo com dados revelados pelo executivo espanhol.

Entretanto, o Governo decidiu pedir autorização ao parlamento para prorrogar por mais 15 dias o “estado de emergência” em vigor até ao próximo sábado, comunicou o primeiro-ministro, numa videoconferência este domingo com os presidentes das comunidades autónomas do país.

A imprensa espanhola cita fontes que estão a acompanhar aquela reunião virtual para informar da intenção do executivo espanhol liderado por Pedro Sánchez.

12h15 (CET) - Bélgica regista 75 mortes por coronavírus

As autoridades sanitárias da Bélgica anunciaram que tem 3401 infectados confirmados oficialmente. Dos 1380 doentes hospitalizados, 290 precisam de terapia intensiva. Neste domingo, foram detectados 586 novos casos e oito mortes em 24 horas.

11h00 (CET) - Quase 2 mil novos casos num dia na Alemanha

Alemanha registou quase 2.000 casos novos de coronavirus, atingindo agora os 18.610 e com 55 vítimas mortais, de acordo com a página oficial do Instituto Robert Koch, entidade responsável pela prevenção e controlo de doenças.

O país registou um aumento de 1.948 casos do novo coronavírus em relação ao dia anterior, com os estados federados da Renânia do Norte-Vestefália, Baviera e Bade-Vurtemberga a serem os mais afetados.

No sábado, a Alemanha tinha confirmado um aumento de 2.958 face a sexta-feira.

10h43 (CET) - Mais de 300.000 casos em todo o mundo

Mais de 300.000 casos de infeção pelo novo coronavírus foram registados desde o início da pandemia, segundo uma atualização da contagem realizada pela agência AFP, divulgada hoje, a partir de fontes oficiais.

De acordo com a contagem da agência noticiosa, até às 09:00 de hoje, existiam pelo menos 300.097 pessoas infetadas, das quais 12.895 morreram, em 169 países e territórios.

09h00 (CET) - Forte sismo de magnitude 5,3 na escala de Richter abala Croácia

Um forte sismo de magnitude 5,3 na escala de Richter abalou hoje de madrugada Zagreb e os seus arredores, danos materiais, noticiou a agência de notícias croata Hina. Numa primeira fase surgiram notícias de que um jovem de 15 anos teria morrido na sequência deste abalo, uma informação que entretanto foi desmentida.

Pouco depois do terramoto, que ocorreu às 06:30 locais (04:30 em Portugal), muitos cidadãos saíram às ruas da cidade apesar das restrições impostas pelas autoridades croatas devido à pandemia Covidd-19, segundo a agência de notícias espanholas Efe.

08h30 (CET) - Profissionais devem registar diariamente presença ou ausência de sintomas da covid-19 - DGS

Os profissionais de saúde que estão a prestar cuidados a doentes com Covid-19 devem registar diariamente a presença ou ausência de sintomas compatíveis com a doença, como febre ou tosse, segundo uma orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS) de Portugal.

“A identificação precoce de sintomas nos profissionais de saúde permite assegurar o seu adequado encaminhamento clínico e definir as medidas de controlo da infeção e de prevenção adequadas, para todas as pessoas que se encontram nas instituições de saúde”, refere a orientação da DGS, publicada no sábado e dirigida aos “profissionais de saúde com exposição a SARS-CoV2”.

Segundo o documento, o risco de exposição profissional ao novo coronavírus deve ser minimizado pela adoção de todas as recomendações de prevenção e controlo de infeção, incluindo o uso do equipamento de proteção individual (EPI).