Última hora
This content is not available in your region

OMS: "não é momento para aliviar medidas" na Europa

euronews_icons_loading
OMS: "não é momento para aliviar medidas" na Europa
Direitos de autor  AP Photo/Gregorio Borgia
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar de vários países europeus estarem a assistir a uma redução no número de novos casos de coronavírus, "não é o momento de aliviar as medidas" tomadas pelos governos na luta contra a pandemia na Europa.

A opinião foi expressa pelo diretor regional da Organização Mundial da Saúde para a Europa, Hans Kluge, numa conferência de impressa transmitida esta quarta-feira a partir de Copenhaga:

"Não é o momento para aliviar medidas. É o momento para, mais uma vez, duplicar e triplicar os nossos esforços coletivos a favor da eliminação [do vírus], com o apoio de toda a sociedade. Peço a todos os países, independentemente da sua situação atual, para reforçarem as atividades em três áreas."

As áreas definidas por Kluge foram a proteção e treino dos profissionais de saúde no combate ao vírus, a manutenção das medidas de isolamento, em particular mantendo afastadas "pessoas em boa saúde de casos suspeitos ou prováveis", e a comunicação com as populações e troca de informações entre Estados-membros.

O Centro Europeu para o Controlo e Prevenção de Doenças também considera que o pico da epidemia ainda não foi atingido no continente.