EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Primeiro dia do Ramadão marcado pelo confinamento

Primeiro dia do Ramadão marcado pelo confinamento
Direitos de autor AP
Direitos de autor AP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Apesar das medidas de restrição há tradições que se mantêm, como o tiro de canhão ao pôr-do-sol em Sarajevo

PUBLICIDADE

O mundo muçulmano deu esta sexta-feira as boas vindas ao Ramadão mas apesar do ambiente de festa na cidade egípcia de Alexandria, o início do mês sagrado foi marcado pelo confinamento que impediu as habituais orações comunitárias por esse mundo fora.

Na Libéria as mesquitas estão necessariamente vazias mas nem por isso os líderes religiosos deixam de cumprir os rituais a preceito.

Na cidade síria de Idlib várias pessoas saíram para as ruas no primeiro dia de jejum mas a pandemia de covid-19 não foi esquecida. As máscaras de proteção não foram esquecidas. 

Apesar da ameaça da covid-19, há tradições que ainda persistem. Uma delas na cidade bósnia de Sarajevo, onde um tiro de canhão acompanha o pôr-do-sol para informar os cidadãos que chegou o momento de quebrar o jejum diário.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ramadão sem enchentes e convívios

Covid-19 limita comemorações do fim do Ramadão

Gaza na memória dos muçulmanos por ocasião do Eid al-Fitr