Última hora
This content is not available in your region

Áustria e Alemanha preparam regresso à normalidade

euronews_icons_loading
Áustria e Alemanha preparam regresso à normalidade
Direitos de autor  AP
Tamanho do texto Aa Aa

A Europa vai dando, a pouco e pouco, passos em direção à normalidade, depois de um mês e meio de confinamento causado pela epidemia de Covid-19.

Na Áustria, o confinamento obrigatório termina a um de maio. As escolas preparam o regresso às aulas, que se fará a partir do dia 18, com as classes divididas em duas, que terão aulas em dias alternados.

As pequenas lojas e parques abriram depois da Páscoa, os restaurantes reabrem dia 15 de maio e os hotéis a 29.

Explica o ministro da saúde austríaco, Rudolf Anschober: O fator-chave, que é o da taxa de reprodução do vírus, vai ao encontro das nossas expectativas e não teve um desenvolvimento negativo devido às férias da Páscoa e à primeira fase da abertura de lojas e jardins públicos.

Na Alemanha, a economia começa também a reabrir. Os trabalhadores das fábricas de automóveis, nomeadamente da Volkswagen, foram dos primeiros a voltar ao trabalho.

Mas os especialistas do instituto Robert Koch dizem que o regresso à vida de antes não pode ser feito de imediato.

Diz o presidente do instituto, Lothar Wieler: Claro que queremos todos voltar à normalidade, a uma nova normalidade, como temos ouvido dizer nos últimos dias. No entanto, mesmo neste panorama de alívio das medidas de emergência, temos de continuar a defender aquilo que conseguimos juntos.

Esta precaução dos especialistas tem uma razão de ser, já que a taxa de reprodução do vírus, na Alemanha, subiu ligeiramente nos últimos dias.

O país prepara-se também para reabrir as escolas, o que vai ser feito gradualmente ao longo das próximas semanas. A Alemanha tem sido citada como exemplo devido a uma muito baixa taxa de fatalidade da Covid-19, em comparação com outros países da Europa.