Dia Mundial da Língua Portuguesa oficializado pela UNESCO

Dia Mundial da Língua Portuguesa oficializado pela UNESCO
Direitos de autor António Guterres, Secretário-geral da ONU
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Várias personalidades lusófonas juntaram-se às celebrações do primeiro Dia Mundial da Língua Portuguesa.

PUBLICIDADE

"Olá a todos. Daqui Dino d' Santiago e é com enorme prazer que celebro este dia 5 de maio, o Dia Mundial da Língua Portuguesa".

Foi através de uma apresentação em vídeo que Dino d'Santiago se associou às celebrações do primeiro Dia Mundial da Língua Portuguesa. A data, 5 de maio, tinha já sido oficializada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

A iniciativa resulta de uma parceria entre o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a representação portuguesa na UNESCO, a ONUNews e a RTP

Esta terça-feira, o cantor e compositor português de ascendência cabo-verdiana juntou-se um conjunto de personalidades lusófonas de diferentes áreas que recorreram à internet para assinalar a conquista de um espaço próprio para o português no calendário internacional.

A proclamação do dia 5 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa é um justo reconhecimento da sua relevância global, ela própria uma afirmação de diversidade, a língua portuguesa vai-se construindo no dia-a-dia de vários povos de todos os continentes, num constante enriquecimento da sua multiculturalidade
António Guterres
Secretário-geral da Organização das Nações Unidas

Chamam-lhe a língua de Camões, mas é hoje propriedade de 265 milhões de pessoas. De lá para cá, nas palavras do próprio poeta, o português tem vindo a mostrar novos mundos ao mundo e é hoje língua-mãe de nove países e o quarto idioma mais falado à escala global.

Estima-se que até ao final do século XXI haja no mundo 500 milhões de falantes de português.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

ONU preocupada com distribuição de água em Gaza

ONU abre investigação a explosão que feriu quatro funcionários no Líbano

Rússia veta resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre a Coreia do Norte