Última hora
This content is not available in your region

Rússia ultrapassa 200 mil infeções

euronews_icons_loading
Rússia ultrapassa 200 mil infeções
Direitos de autor  Yuri KADOBNOV / AFP
Tamanho do texto Aa Aa

São já mais de 200 mil os infetados com o novo coronavírus na Rússia, segundo os números oficiais, depois do anúncio de 11 mil novas infeções nas últimas 24 horas.

A Rússia é um dos países que neste momento apresentam uma progressão mais rápida dos números, mas o número de mortes continua muito abaixo da de outros países, por entre acusações de que muitas mortes por Covid-19 estão a ser registadas com outras causas de morte.

O confinamento foi prolongado até ao fim deste mês, mas nem todos respeitam as regras. Uma mulher foi passear num parque fechado e diz que "não teve outra alternativa senão quebrar as regras, senão morreria sozinha em casa".

Além do fecho das áreas verdes nas cidades, o governo impôs também o uso obrigatório da máscara de proteção a partir do dia 12. As máscaras e luvas podem ser compradas nas máquinas distribuidoras instaladas no metro.

A unidade de cuidados intensivos de um hospital de Moscovo onde estão a ser tratados doentes de Covid-19 foi palco de um incêndio em que morreu um paciente. 295 pessoas, incluindo doentes e profissionais de saúdem foram retiradas do edifício e levadas para outro hospital.

As causas do incêndio não são ainda conhecidas. O presidente da câmara de Moscovo, Serguei Sobyanin, promete uma investigação cuidada. A capital representa cerca de metade dos casos de Covid-19 até agora registados na Rússia.