Última hora
This content is not available in your region

VW e tribunal chegam a acordo no caso "Dieselgate"

euronews_icons_loading
VW e tribunal chegam a acordo no caso "Dieselgate"
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Os processos judiciais contra os antigos diretores da Volkswagen, Herbert Diess e Hans Dieter Pötsch vão ser arquivados em troca do pagamento de nove milhões de euros.

O anúncio foi feito pelo grupo VW que afirma ter chegado a acordo com o tribunal regional de Braunschweig.

Herbert Diess e Hans Dieter Pötsch enfrentavam acusações de manipulação dos mercado
Ambos teriam informado os investidores tarde de mais sobre as consequências financeiras da manipulação de milhares de motores de veículos a gasóleo.

Em setembro, o Ministério Publico de Braunschweig apresentou igualmente queixa contra o antigo diretor-executivo da VW, Martin Winterkorn.

Informações sugerem que também este caso venha a ser arquivado.

O escândalo "Dieselgate" remonta a setembro de 2015 quando a Volkswagen reconheceu ter interferido nos registos de 11 milhões de veículos através de um programa informático que fazia que estes parecessem menos poluentes nos testes de laboratório do que em estrada.