Última hora
This content is not available in your region

Os primeiros dias de Pompeia

euronews_icons_loading
Os primeiros dias de Pompeia
Direitos de autor  Alessandra Tarantino/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Os primeiros dias de Pompeia - que é como quem diz, reabriu um dos mais conhecidos complexos arqueológicos de Itália, o segundo ponto turístico mais visitado do país, atrás do Coliseu.

Parte do espaço permanece, por agora, encerrada, sendo que os visitantes têm de seguir os novos rituais: distribuição de gel desinfetante, filas com espaçamento e medição de temperatura.

Colleen Hewson veio dos Estados Unidos com o marido, no início de março, celebrar 30 anos de casamento. Decidiram ficar. Como presente, diz, já recebeu uma "Costa Amalfitana sem trânsito, nem turistas". E agora, uma Pompeia "quase só para ela" também.

As entradas têm de ser compradas pela internet, são com hora marcada e só podem aceder 40 pessoas de cada vez. No dia 9 de junho, a abertura passa para uma fase mais abrangente.

Os Museus do Vaticano continuam de portas fechadas até 1 de junho. Já o Coliseu de Roma permanece encerrado, sem datas à vista.