Última hora
This content is not available in your region

Sérvia vai a eleições com boicote da oposição

euronews_icons_loading
Sérvia vai a eleições com boicote da oposição
Direitos de autor  AFP
Tamanho do texto Aa Aa

A Sérvia vai a eleições este domingo com uma boa parte da oposição a boicotar o voto. As eleições devem ter como resultado um fortalecimento do Partido Sérvio do Progresso, do presidente Aleksandar Vučić. O partido pode vir a ter 60%, enquanto os socialistas, parceiros de coligação, são dados como tendo 12%. Isto significa que os partidos no poder arrecadam a quase totalidade dos votos.

Uma plataforma com os principais partidos da oposição, liderada por Dragan Djilias, diz que as regras democráticas não estão a ser cumpridas e apela por isso ao boicote.

Diz o jornalista e analista político Boško Jakšić: "A questão é saber se o presidente vai continuar com esta euforia pró-chinesa que começou com a pandemia ou se vai tentar fortalecer as relações com o ocidente. Mas o facto de, dois dias depois das eleições, o presidente Vučić ir a Moscovo encontrar-se com Putin é um sinal de que a Sérvia está a descair para leste".

A Rússia é a principal aliada da Sérvia na rejeição da independência do Kosovo. Poucos dias depois do encontro com Putin em Moscovo, Vučić vai encontrar-se com os líderes kosovares em Washington. O reconhecimento do Kosovo é fulcral para que a Sérvia possa continuar a aspirar aderir à União Europeia.