Centenas de mineiros mortos após tempestades em Myanmar

Equipas de busca e resgate retiram cadáveres de mineiros de um lago
Equipas de busca e resgate retiram cadáveres de mineiros de um lago Direitos de autor Myanmar Fire Service Department via AP
Direitos de autor Myanmar Fire Service Department via AP
De  Francisco Marques com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chuvas terão provocado queda de pedras num lago e as ondas geradas acabaram por inundar minas de jade numa região junto à fronteira com a China

PUBLICIDADE

Pelo menos 120 mineiros morreram esta quinta-feira vítimas em Myanmar, a antiga Birmânia.

O balanço de vítimas é ainda precoce e deve agravar-se, alerta a agência France Press.

O incidente, tudo indica, ficou a dever-se a fortes tempestades que afetaram o norte do país, no cantão de Hpakant, junto à fronteira com a China.

As tempestades terão provocado a queda de rochas num lago, provocando ondas que submergiram parte um vale na região, refere a AFP, citando imagens partilhadas pelas redes sociais.

Várias pessoas foram vistas a nadar no lago, tentando chegar às margens após a chuva e os deslizamentos de terra terem inundado as minas da região dedicadas à extração de jade, de que Myanmar é o principal produtor mundial.

Os mineiros teriam sido alertados pelas autoridades para não entrarem nas minas devido às tempestades, que continuam a abater-se sobre a região e que já obrigaram a interromper as operações de busca e regate.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

46 mortos, 50 feridos e mais um sobrevivente do fogo em mina de carvão da Rússia

Covid-19: Maior mina de ouro da Rússia com quase 900 casos positivos

Defensores dos Rohingya prometem vigiar Myanmar