Última hora
This content is not available in your region

Manifestação em defesa de Svetlana Prokopyeva resulta em 17 detenções

euronews_icons_loading
Manifestação em defesa de Svetlana Prokopyeva resulta em 17 detenções
Direitos de autor  Кадр из видео AP
Tamanho do texto Aa Aa

Dezassete pessoas foram detidas em Moscovo depois de participarem num protesto em defesa de Svetlana Prokopyeva, jornalista para quem o Ministério Público pediu uma pena de seis anos de prisão por apologia do terrorismo. As manifestações são atualmente proibidas no país, sob o pretexto da pandemia de covid-19.

Entre os participantes, este homem queixa-se que a sociedade está a decair e que as repressões vão aumentar até às pessoas se revoltarem. Acrescenta que não sabe onde é que as repressões podem chegar e aponta o exemplo da Coreia do Norte como um cenário que não interessa a ninguém.

Na origem da situação está um ataque suicida contra as autoridades russas e que foi classificado de terrorista. Já Svetlana Prokopyeva afirmou que era o resultado da atual situação política do país. O veredicto da justiça será conhecido na segunda-feira.