Espanha e Países Baixos a braços com crise sanitária

Espanha e Países Baixos a braços com crise sanitária
Direitos de autor Screenshot AFP Video
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Centenas de milhares de martas terão que ser abatidas depois de várias dezenas terem testado positivo por Covid-19

PUBLICIDADE

Autoridades no norte de Espanha anunciaram o abate de mais de 92 mil martas depois de 90 animais numa quinta terem testado positivo por Covid-19.

O governo regional de Aragão afirma que a medida se encontra conforme às leis sanitárias em vigor a nível nacional.

As autoridades afirmam que a quinta onde foi detetado o surto se encontra isolada desde 22 de maio, sete trabalhadores da quinta testaram positivo igualmente.

Os Países Baixos enfrentam também uma crise de saúde animal.

Desde 6 de junho centenas de milhares de martas foram abatidas. Pelo menos 24 quintas foram atingidas pelo surto, segundo o ministério da agricultura.

Vários trabalhadores destas quintas foram igualmente infetados por Covid-19.

O governo implementou regras de higiene excecionais assim como testes obrigatórios.

A criação de martas passará a ser proibida nos Países Baixos a partir de 2024.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os animais de estimação e a pandemia

França proíbe práticas cruéis para animais

Espanha tem plano de 1,4 mil milhões para salvar Parque Nacional de Doñana