Última hora
This content is not available in your region

Dia da Independência na Ucrânia

euronews_icons_loading
Dia da Independência na Ucrânia
Direitos de autor  Кадр из видео AP
Tamanho do texto Aa Aa

A vontade de liberdade levou à luta ucraniana pela independência. A proclamação do Ato de Independência da Ucrânia, a 24 de agosto de 1991, colocou um fim ao domínio soviético e coroou esta luta de vários anos. O país celebra o feriado nacional que assinala os 29 anos da Ucrânia como estado independente.

Neste dia, as principais figuras da autoridade depositam flores em monumentos históricos e participaram numa oração pela Ucrânia realizada na Catedral de Santa Sofia de Kiev. Uma tradição que une representantes de todas as confissões religiosas da Ucrânia.

As figuras da autoridade da Rússia, Ucrânia, França e Alemanha também estiveram reunidas na última cimeira do quarteto da Normandia, que teve lugar em dezembro passado, em Paris. O Presidente da Ucrânia deu um prazo de um ano para acabar com a guerra no leste ucraniano. A poucos meses do final do ano, a euronews perguntou-lhe quando é que a guerra vai acabar.

Quero acreditar que será este ano. Realmente quero acreditar e acredito. Eu faço. Não quero dar nomes agora, mas em comparação com a o governo anterior, ninguém quer isto tanto quanto eu, nem de perto nem de longe. Ninguém fez tanto em termos de acelerar o processo e exercer pressão.
Volodymyr Zelenskyy
Presidente da Ucrânia

Este ano, também acontece a Marcha dos Defensores da Ucrânia - um movimento alternativo aos eventos oficiais, mas que conquistou espaço no Dia da Independência.

As autoridades estimam a presença de, aproximadamente, 50 mil pessoas. Militares, veteranos e voluntários - numa homenagem a todos os que defenderam uma vida livre na Ucrânia.