Última hora
This content is not available in your region

Escócia e País de Gales colocam Portugal na "lista negra"

euronews_icons_loading
Praia em Faro, Algarve
Praia em Faro, Algarve   -   Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Escócia e País de Gales retiraram Portugal Continental da lista de países isentos de quarentena.

A decisão é efetiva a partir desta sexta-feira para o território galês e a partir de Sábado para o território escocês.

Os governos autónomos aplicam assim regras diferentes do executivo britânico, que apenas tinha antecipado a possibilidade.

O ministro da saúde britânico, Matt Hancock, afirmou esta quinta-feira numa entrevista que Portugal poderia ser retirado do "Corredor Seguro" definido pelo Reino Unido, o que obrigaria os turistas britânicos a respeitar uma quarentena no regresso a casa.

O ministro dos Transportes, Grant Shapps, disse no Twitter que para já não havia mudanças, mas que a lista de países "seguros" está em constante revisão.

No aeroporto de Faro, as opiniões dividem-se entre os turistas britânicos que decidiram ir a Portugal para usufruir do sol algarvio.

Acabado de chegar, um afirmava: "Não tenho medo da Covid aqui. Se impuserem um bloqueio, que o façam. Podem manter-me aqui até Outubro. Não me faz diferença."

Mas, à espera para embarcar, outro dizia: "Deveríamos voltar para casa no Sábado, mas mudámos o voo para hoje porque pensámos que podiam cancelá-lo e obrigar-nos a ficar de quarentena ao chegar a casa."

O número de infeções em Portugal ultrapassou, na última semana, os 20 casos por 100.000 habitantes, um dos critérios usados por Londres para impor restrições nas viagens internacionais.