Última hora
This content is not available in your region

Os 100 dias de protesto do movimento "Black Lives Matter"

euronews_icons_loading
Os 100 dias de protesto do movimento "Black Lives Matter"
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

O movimento "Black Lives Matter" assinala o centésimo dia de manifestações, em Portland, no estado do Oregon, nos Estados Unidos. A região assistiu a mais uma noite de confrontos entre os manifestantes e a polícia. As autoridades declararam o protesto "ilegal" e confirmaram ter prendido dezenas de pessoas para controlar a situação.

Os protestos são motivados pela violência policial. A morte de George Floyd, um cidadão de raça negra, asfixiado nas mãos da polícia, a 25 de maio, na cidade de Minneapolis precipitou o movimento que continua a honrar a memória de Floyd e a exigir mais direitos para a população negra do país.

Os manifestantes continuam a sair às ruas em protestos organizados, com vigílias e discursos programados para os próximos três dias. Os ativistas de Portland protestam todas as noites há três meses para exigir a reforma da polícia. Protestos muitas vezes marcados pela repressão policial e por confrontos com partidários do presidente Donald Trump.