Bolsonaro esquece máscara em celebração da independência

Evento ocorreu em frente ao Palácio da Alvorada
Evento ocorreu em frente ao Palácio da Alvorada Direitos de autor .
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Brasil tem mais de 4,1 milhões de casos de Covid-19 e cerca de 127 mil mortos

PUBLICIDADE

O presidente basileiro, Jair Bolsonaro, assinalou esta segunda-feira os 198 anos de independência do Brasil aparecendo num evento, em Brasília, sem máscara.

De acordo com as autoridades cerca de 800 pessoas foram autorizadas a participar nas celebrações em frente ao Palácio da Alvorada, na capital do Brasil.

Primeiro a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e depois o presidente foram cumprimentar os presentes, apertando mãos e tirando fotografias, provocando aglomerações. Um ato reprovado pelas pelos especialistas em saúde, devido à pandemia da Covid-19.

A pouco mais de 1100 quilómetros de distância, no Rio de Janeiro, os cariocas aproveitaram a ponte e acabaram por celebrar os quase duzentos anos de independência do país nas praias.

O fenómeno repetiu-se um pouco por todas as cidades do litoral, apesar das medidas restritivas das autoridades locais.

O Brasil, depois de ter sido ultrapassado pelo Índia, é o terceiro país do mundo com mais casos de infeções pelo novo coronavírus. O país regista mais de quatro milhões e cem mil casos de Covid-19. O número de mortos ronda os 127 mil.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Testes rápidos gratuitos à Covid-19 na Rocinha

População da China diminui pelo segundo ano consecutivo

Rishi Sunak pede desculpa aos familiares das vítimas da Covid-19