Eduardo Pazuello toma posse como ministro da Saúde

Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro
Eduardo Pazuello e Jair Bolsonaro Direitos de autor Eraldo Peres/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Militar ocupava o cargo de forma interina há quatro meses, descreve a chegada em plena pandemia como "trocar a roda do carro em andamento"

PUBLICIDADE

Eduardo Pazzuello foi oficializado como ministro da Saúde do Brasil. O militar encontrava-se no cargo de forma interina há quatro meses, quando assumiu a pasta apesar de não ter qualquer experiência no setor da saúde, e sublinhou as dificuldades de chegar em plena pandemia de covid-19:

"Tivemos de trocar a roda do carro andando. A responsabilidade era enorme e tivemos a liberdade total para implementarmos as medidas que eram necessárias."

Apesar da liberdade total, foi ao encontro da vontade de Jair Bolsonaro ao liberalizar o uso de hidroxicloroquina. Precisamente a intransigência que tinha levado à saída dos dois antecessores e que faz de Pazuello o terceiro titular do cargo desde o início da pandemia.

Já o presidente brasileiro aproveitou a cerimónia da tomada de posse para publicitar uma vez mais o fármaco, dizendo que só aceita críticas de quem lhe apresentar uma alternativa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Brasil regista maior apreensão de droga de sempre em alto mar

Autoridades investigam acidente aéreo na Amazónia

Penas pesadas para participantes em motins pró-Bolsonaro em Brasília