Última hora
This content is not available in your region

Medo de segunda vaga de covid-19 faz-se sentir nos mercados

euronews_icons_loading
Medo de segunda vaga de covid-19 faz-se sentir nos mercados
Direitos de autor  Richard Drew/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A ameaça da segunda vaga de covid-19 traduziu-se em mais um dia para esquecer nos mercados europeus. No Reino Unido, depois do governo admitir a possibilidade de um novo confinamento nacional a bolsa de Londres viveu a pior sessão em três meses, fechando o dia a perder 3,3%.

Frankfurt registou a maior descida desde março depois do ministro da Saúde alemão ter classificado de preocupante a tendência de novos casos de covid-19 na Europa.

A hecatombe foi geral. Paris fechou o dia a perder 3,7% e Madrid 3,4%. Lisboa não escapou à tendência e desvalorizou 2,2%. Atingiu o valor mais baixo em quatro meses, que se traduziu numa perda superior a dois mil milhões de euros.