Última hora
This content is not available in your region

Eleições municipais na Roménia

euronews_icons_loading
Eleições municipais na Roménia
Direitos de autor  Andreea Alexandru/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Tamanho do texto Aa Aa

Os romenos votam este domingo em eleições municipais. O escrutínio é considerado um teste para as eleições legislativas de 6 de dezembro em que será julgado o governo constituído pelas minorias do país.

O grande desafio é a taxa de participação. As autoridades tomaram todas as medidas e prevenir riscos de infeções e para tranquilizar os eleitores, para que possam vota, em tempo de pandemia.

Cerca de 19 milhões de eleitores escolhem os eleitos locais, presidentes de conselho e presidentes de câmara, que vão ocupar mais de 43. 000 cargos em todas as regiões da Roménia.

A corrida que suscita maiores expetativas é da da câmara da capital, Bucareste, entre o matemático, Nicusor Dan e a atual presidente, a social-demorata Gabriela Firea. Nicusor Dan, candidato derrotado em 2016 conta agora não só com o apoio do seu partido de centro-direita, mas também dos liberais

Ao nível nacional, a eleição deverá revelar a força do Partido Nacional Liberal (PNL), que controla o governo minoritário da Roménia desde a queda do poder, no final do ano passado, do Partido Social-Democrata.

O Partido Social-Democrata continua a ser o partido mais forte no parlamento da Roménia, apesar de ter perdido a sua maioria governamental por causa de repetidas tentativas de politizar o poder judicial e de uma corrupção desenfreada sob a sua vigilância.