EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Lewis Hamilton "sultão" da Fórmula 1 ao conquistar sétimo título mundial

Lewis Hamilton "sultão" da Fórmula 1 ao conquistar sétimo título mundial
Direitos de autor MURAD SEZER / POOL / AFP
Direitos de autor MURAD SEZER / POOL / AFP
De  Euronews com Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O piloto britânico da Mercedes venceu o Grande Prémio da Turquia e igualou o feito do alemão Michael Schumacher ao somar sete títulos de campeão do mundo de fórmula 1.

PUBLICIDADE

Lewis Hamilton tornou-se num "sultão" da Fórmula 1 em Istambul no Grande Prémio da Turquia. Conquistou o 7º título de campeão do mundo, igualou o feito do alemão Michal Schumacher.

Sexto na grelha de partida num circuito que deu algumas dificuldades à Mercedes, venceu as adversidades e triunfou a corrida, deixou os pneus bem gastos.

Foi seguido pelo mexicano Sergio Pérez da racing Point, no segundo posto, e do alemão Sebastian Vettel, da Ferrari no terceiro lugar, no pódio pela primeira vez numa época atípica.

Hamilton agradeceu à Mercedes e à família a ajuda dada na conquista do seu sétimo título de campeão mundial de Fórmula 1, e incitou todas as crianças a perseguirem os seus sonhos.

“Quando somos crianças temos sonhos, e vemos a Fórmula 1 como algo muito distantes. O importante é que todas as crianças persigam os seus sonhos e trabalhem duro para os alcançar. Quando o fazem, os sonhos podem tornar-se realidade”, afirmou Hamilton, no final do Grande Prémio da Turquia, no qual assegurou matematicamente o título.

O britânico, que igualou o recorde de títulos na Fórmula 1 que pertencia ao alemão Michael Schumacher, admitiu que o trabalho da Mercedes e o apoio da família foram essenciais em mais uma conquista.

“Não tenho palavras para expressar o que sinto, mas tenho de começar por agradecer a todas as pessoas da equipa, os que estão aqui e aos que trabalham na fábrica. Sem esta equipa não teria conseguido”, disse, acrescentando: “Também estou muito grato à minha família que sempre me apoiou, em especial quando era pequeno”.

Lewis Hamilton, que ao vencer na Turquia, aumentou para 84 o seu próprio recorde de triunfos em Grandes Prémios, admitiu que “o ano tem sido difícil para todos” e defendeu a necessidade de Fórmula 1 se tornar “mais sustentável”, garantindo que quer fazer parte desse desafio.

Aos 35 anos, Lewis Hamilton é recordista de pódios (162), de ‘pole positions’ (97), de vitórias (94) e, agora, de títulos, em igualdade com Michael Schumacher (7).

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lewis Hamilton deixa Mercedes para se juntar à Ferrari em 2025

Valtteri Bottas triunfa no GP da Áustria em Fórmula 1

F1: Verstappen vence Grande Prémio do Japão e fica à beira do título do mundial de pilotos