Última hora
This content is not available in your region

Líderes europeus determinados em ultrapassar o impasse orçamental

euronews_icons_loading
Líderes europeus determinados em ultrapassar o impasse orçamental
Direitos de autor  Olivier Matthys/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O impasse permanece a nível europeu após a vídeo cimeira realizada na quinta-feira.

A Polónia e Hungria pemanecem os únicos obstáculos à aprovação do pacote europeu de resgate e estímulo da economia.

Mas apesar das dificuldades, os responsáveis europeus estão determinados em encontrarem uma solução.

"Este pacote financeiro é essencial para a recuperação da economia, é preciso implementá-lo o mais depressa possível. Relativamente ao mecanismo de condicionalidade, a grande maioria dos membros aceita o compromisso em cima da mesa, e alguns estados-membros indicaram que não podem apoiar a maioria. Vamos continuar as discussões a fim de encontrar uma solução aceitável para todos", afirmou Charles Michel, presidente do Conselho Europeu.

A chanceler alemã, Angela Merkel, participou na cimeira e afirma que o trabalho vai continuar.

"Para mim, a palavra "ameaça" não faz parte deste contexto. Temos o dever de seguir em frente e encontrar uma solução. A importância é óbvia e claramente visível, e nós vamos tentar. Não é um problema fácil de resolver, e é um problema sério, por isso não posso especular sobre ele agora. Posso apenas dizer que vamos trabalhar a fundo para o resolver", prometeu Merkel.

No centro da questão está o mecanismo que condiciona a atribuição dos fundos europeus ao respeito pelas regras do estado de direito.

Em setembro, a comissão europeia afirmou num relatório que a Hungria e a Polónia enfrentam desafios nesta questão devido a ameaças sistemáticas ao sistema judicial, medidas anti-corrupção e liberdade de imprensa.