Última hora
This content is not available in your region

França recua na Lei da Segurança Global

euronews_icons_loading
França recua na Lei da Segurança Global
Direitos de autor  AMEER AL-HALBI/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

O governo francês recuou relativamente à polémica lei de segurança global. A lei foi considerada um ataque à liberdade de imprensa e depois dos protestos do último fim de semana o governo anunciou que vai modificar o polémico artigo 24 desta lei que pretende condenar a difusão de imagens de agentes da polícia em ação em determinadas situações.

Christophe Castaner, líder do partido República em Marcha na Assembleia Nacional, pretende esclarecer a lei.

Vamos propor a reformulação completa do artigo 24. É preciso dizer que hoje a escolha legislativa que fizemos permitiu que se instalasse um problema e mesmo a convicção da população de que o direito à informação, de que o próprio exercício do legítimo controlo da ação policial estava ameaçado, o equilíbrio que procuramos neste Artigo 24 não foi compreendido de forma unânime.
Christophe Castaner
líder do partRepública em Marcha na Assembleia Nacional

Os protestos contra a lei exigiam a sua retirada total. No entanto, os partidos da maioria governamental em França optaram por rescrever e submeter ao parlamento uma nova versão completa do artigo 24 desta Lei da Segurança Global.