Última hora
This content is not available in your region

Espanha aprova a eutanásia

euronews_icons_loading
Espanha aprova a eutanásia
Direitos de autor  Paul White/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Espanha legalizou, esta quinta-feira, a eutanásia.

O Congresso dos Deputados aprovou uma lei que viabiliza e regula a eutanásia e o suicídio assistido.

Sendo este um tema fraturante na sociedade espanhola, a proposta contou com o apoio de 198 deputados dos partidos e formações de esquerda, mas também do Cidadãos, de direita.

Contra a nova legislação votaram 138 deputados dos conservadores do Partido Popular, da extrema-direita Vox e do partido regional União do Povo Navarro. Houve duas abstenções.

Os espanhóis poderão recorrer à eutanásia ou o suicídio assistido em casos de "doença grave, crónica, incapacitante, incurável ou causadora de um sofrimento intolerável."

O ministro da Saúde, Salvador Illa, saudou a aprovação da lei, já o deputado do PP, José Ignacio Echániz, afirmou que é inconstitucional e que o país deveria apostar mais nas unidades de cuidados paliativos.