Última hora
This content is not available in your region

Medidas mais duras para travar a pandemia em Inglaterra

euronews_icons_loading
Medidas mais duras para travar a pandemia em Inglaterra
Direitos de autor  Toby Melville/AP
Tamanho do texto Aa Aa

Após uma reunião de emergência do governo para discutir estratégias para travar a propagação do novo coronavirus, o primeiro-ministro britânico anunciou novas regras mais duras em Londres e todo o sudeste de Inglaterra.

Os conselheiros científicos do governo dizem que a nova variante do coronavírus está a acelerar a propagação de infeções até 70%.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, anunciou no final da reunião do executivo: "Como primeiro-ministro é meu dever tomar decisões difíceis, fazer o que é correto para proteger o povo deste país. Dadas as primeiras provas que temos sobre a nova variante do vírus, o risco potencial que representa, é com o coração muito pesado, que vos digo que não podemos continuar com o Natal como planeado"

Londres e todo o sudeste de Inglaterra entram a partir de domingo no nível 4, o mais rigoroso em termos de restrições, que encerra o comércio não essencial e recomenda às populações que fiquem em casa. A flexibilização das regras de socialização no Natal, que permitiria que até três famílias se reunissem, é cancelada para as áreas de Nível 4.

Não há atualmente provas que sugiram que a nova estirpe seja mais mortal ou que ponha em causa as vacinas ou os tratamentos, mas as infeções multiplicam-se e o Serviço Nacional de Saúde está sob uma pressão significativa, com quase 90% das camas hospitalares em Inglaterra ocupadas.