Última hora
This content is not available in your region

João Gomes Cravinho alerta para a instabilidade no Mali

euronews_icons_loading
João Gomes Cravinho
João Gomes Cravinho   -   Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

João Gomes Cravinho encerrou no Mali a visita de dois dias ao continente africano. O ministro da Defesa português esteve em Bamako, onde se reuniu com o homólogo maliano, Sadio Camara, e com o vice-presidente do país, Assimi Goita.

O português prometeu apoio na transição para a democracia e sublinhou a importância do Mali no contexto geopolítico:

"A instabilidade neste país fomenta a exportação do terrorismo para outras partes do continente africano e para a própria Europa. Não podemos aceitar que esta região, que é vasta, seja controlada por terroristas, porque as consequências não serão apenas para a população desta região. Haverá consequências também para todos nós na Europa".

Além de Mali, Gomes Cravinho esteve também com as tropas portuguesas na República Centro Africana e São Tomé e Príncipe. O primeiro-ministro português, António Costa, também tinha viagem marcada mas ficou em Lisboa em isolamento por ter contactado com um caso positivo de covid-19.

Editor de vídeo • Bruno Sousa