Última hora
This content is not available in your region

Que esperar de 2021?

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Que esperar de 2021?
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Deixamos para trás 2020, um ano diferente de todos os outros, duro, feito de crises, doenças e catástrofes naturais, que forçou a maioria das pessoas a adaptar-se a novas realidades. À nossa frente, muitos desafios a todos os níveis.

Covid-19

O futuro da pandemia de coronavírus, a longo prazo, depende em grande parte de duas coisas, segundo os especialistas: Da força da imunidade que as pessoas constroem depois de expostas ao vírus e da eficácia das vacinas. Alguns países já a receberam, outros vão tê-la em breve. A vacina que, para muitos, é a salvação tão esperada, mas que muitos outros veem com desconfiança.

Os EUA de Joe Biden

Terminou a era Trump. A de Joe Biden está prestes a começar. O novo Presidente norte-americano tem tarefas árduas pela frente: manter sob controlo uma pandemia que ceifou centenas de milhares de vidas e curar um país dilacerado pela violência racial e por protestos.

Patrick Semansky/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.
Joe BidenPatrick Semansky/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.

Clima

E o que fará em relação às alterações climáticas? Biden prometeu voltar a aderir ao Acordo de Paris no primeiro dia de mandato. Os Estados Unidos vão ter de se esforçar agora por recuperar o atraso e cumprir as metas definidas pelo documento.

Migrantes

Que mudanças podemos esperar em relação à migração na União Europeia? O pacto sobre Migração e Asilo tornar-se-á uma realidade? A Europa vai ter, provavelmente, de abrir novos caminhos legais.

Economia

Quanto à economia, é difícil que haja uma recuperação global em 2021. Sair do choque causado pela Covid-19 vai, muito provavelmente, levar mais tempo do que se esperava.

Christine Lagarde, líder do Banco Central Europeu, advertiu para o perigo do protecionismo, mas diz que, com a vacina, se começa a ver “a outra margem do rio”.

Olivier Hoslet/AP
Christine Lagarde e Ursula von der LeyenOlivier Hoslet/AP

Brexit

Qual será o verdadeiro impacto de Brexit na União Europeia, Grã-Bretanha e respectivos cidadãos depois de o Reino Unido ter deixado as regras do mercado único a 1 de Janeiro, depois de em fevereiro deste ano ter, oficialmente, deixado de fazer parte da UE? O tempo está a esgotar-se, vai haver novas regras para as empresas e para os cidadãos.

Alberto Pezzali/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Porquê o Brexit?Alberto Pezzali/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved

Datas-chave de 2021:

1 de janeiro: Termina o período de transição do Brexit.

20 de janeiro: Tomada de posse de Joe Biden nos Estados Unidos.

28 de março: Eleições legislativas na Bulgária.

Março: Presidenciais no Kosovo.

6 de maio: Legislativas na Escócia, um desafio ao independentismo.

13 a 16 de maio: O Fórum Económico Mundial reúne-se em Singapura, é a segunda vez que acontece fora da sede habitual em Davos, na Suíça.

18 a 22 de maio: regressa o festival da Eurovisão, interrompido em 2020 devido à Covid.

18 de junho: Quem sucederá a Hassan Rouhani? Há eleições presidenciais no Irão.

11 de setembro: Celebra-se o vigésimo aniversário dos atentados terroristas de 2001.

19 de setembro: Medimos que impacto está a ter a oposição russa, com as eleições para a Duma.

26 de setembro: Os alemães elegem o novo parlamento, é o fim da era Merkel.

15 e 16 de outubro: Eleições também na República Checa.