Última hora
This content is not available in your region

Comissão Europeia acusada de lentidão no plano de vacinas contra Covid-19

Access to the comments Comentários
De  Isabel Marques da Silva
euronews_icons_loading
Comissão Europeia acusada de lentidão no plano de vacinas contra Covid-19
Direitos de autor  Robert Michael/(c) dpa-Zentralbild
Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia está sob crescente pressão sobre o plano de vacinação contra a Covid-19, já que há queixas em vários Estados-membros sobre uma implementação demasiado lenta.

Um dos críticos é Markus Söder, governador da Baviera, a maior região da Alemanha, que acusa o executivo comunitário de atrasos no processo relativo à vacina da Pfizer/BioNTech.

Um porta-voz da Comissão Europeia, Stefan de Keersmaecker, disse, segunda-feira, que tudo foi feito com a rapidez possível face ao grau de incerteza no processo: “Quisemos ter vacinas de diferentes empresas, com tecnologias diferentes, para termos maiores possibilidades de obter vacinas consideradas seguras e eficazes pela Agência Europeia de Medicamentos".

"A filosofia de base foi sempre a de ter uma carteira diversificada, pelo que não investimos exclusivamente numa determinada empresa. Estamos a investir em várias empresas. Essa abordagem tem sido claramente apoiada, ao mais alto nível, pelos Estados-membros", acrescentou.

A próxima vacina a ser aprovada na União deverá ser a da farmacêutica Moderna.