Itália aceita receber navio com 265 migrantes resgatados do Mediterrâneo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Itália aceita receber navio com 265 migrantes resgatados do Mediterrâneo
Direitos de autor  Joan Mateu/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.

Fim à vista para o tormento de 265 migrantes no Mediterrâneo há dias. Itália aceitou abrir o porto Empedocle, na Sicília, ao navio humanitário, de bandeira espanhola, da Organização Não-Governamental (ONG) Open Arms. Malta tinha já recusado.

A ONG tinha resgatado do mar, a 31 de dezembro 169 pessoas, este sábado fez subir a bordo mais 96.

Entre os últimos passageiros, a maioria oriundos da Eritreia, encontravam-se duas mulheres e 17 menores em hipotermia. 

Na embarcação, viajaram ainda uma mulher grávida de nove meses e seis bebés.

De acordo com o executivo transalpino, em 2020, Itália recebeu 34 mil migrantes irregulares, o triplo do registado no ano anterior. 

O país exige, no entanto, à União Europeia uma maior repartição de esforços para gerir o Mediterrâneo e a entrada de migrantes no espaço comunitário.