Última hora
This content is not available in your region

Londres é "zona de incidente de grandes proporções"

euronews_icons_loading
Londres é "zona de incidente de grandes proporções"
Direitos de autor  Frank Augstein/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da câmara de Londres, Sadiq Khan, declarou a capital britânica como zona de incidente de grandes proporções devido ao rápido alastramento da nova variante da Covid-19.

Os hospitais de Londres vêem-se a braços com uma média diária de 800 novos pacientes de Covid-19, o equivalente à capacidade de um dos maiores hospitais da capital.

Os serviços de emergência estão igualmente sob pressão.

Até ao momento, Londres é a área mais atingida durante a recente vaga de infeções.

"O vírus está fora de controlo, o serviço nacional de saúde está exausto, corremos o risco de ficar sem camas durante as duas próximas semanas se o vírus continuar a alastrar e as pessoas continuarem a adoecer", alertou o presidente da câmara de Londres, Sadiq Khan.

O autarca de Londres afirmou ter solicitado mais apoio financeiro ao primeiro-ministro, Boris Johnson, para todos aqueles que não podem trabalhar e têm que se auto-isolar.

Sadiq Khan apelou igualmente ao encerramento de locais de culto e à utilização de máscaras no exterior.

Esta sexta-feira, o Reino Unido registou 1325 mortes, o recorde diário de mortes por Covid-19.

Dados numéricos sugerem que a taxa diária de novas infeções atinge os 6%.