Última hora
This content is not available in your region

Restrições aumentam suicídios e depressão entre os jovens

euronews_icons_loading
Restrições aumentam suicídios e depressão entre os jovens
Direitos de autor  from AFP video
Tamanho do texto Aa Aa

Os hospitais psiquiátricos da Bélgica estão a registar um aumento de tentativas de suicídio e de casos de depressão nos jovens devido às restrições relacionadas com a COVID-19. A tal ponto que faltam camas, profissionais de saúde e recursos para assegurar os cuidados.

Mas não é apenas na Bélgica que há um aumento das doenças mentais. A Organização Mundial de Saúde afirma que uma crise de saúde mental acompanha a crise sanitária. O ramo de Saúde Mental da OMS Europa pretende aumentar o apoio a todos os países.

A doença mental está a afetar muita gente, tanto aqueles que já estavam em risco, como aquelas pessoas que nunca procuraram ajuda mental antes.

"Segundo a Organização Internacional do Trabalho, em tempos de pandemia metade dos jovens de 18 a 29 anos estão sujeitos à depressão e ansiedade - e até 20% dos profissionais de saúde sofrem de ansiedade e depressão.
Hans Kluge
Diretor Regional da OMS Europa

De acordo com o Observatório da Vida Estudantil de França, um em cada três alunos apresenta sinais de sofrimento psicológico.

Esta semana o país assistiu a protestos de estudantes universitários e professores pela defesa das "condições de vida e de estudo" - exigem mais apoio do governo durante a crise sanitária.