Última hora
This content is not available in your region

Dia de São Valentim resiste à pandemia de Covid-19

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Dia de São Valentim resiste à pandemia de Covid-19
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Em véspera de Dia de São Valentim, o cupido andou à solta em Moscovo, numa roda gigante.

Dezenas de mulheres e de homens participaram de um jogo na esperança de encontrar a cara -metade. A cada volta, as mulheres esperaram no interior de uma cabine aquecida da roda gigante para conhecer um potencial pretendente. No final, preencheram um formulário com as escolhas e os organizadores encarregaram-se de fazer o "match", colocando os casais frente-a-frente.

"Só tenho impressões positivas. Houve muitas surpresas. Os homens são muito simpáticos. Também foi muito bom andar na roda gigante. No geral, o evento é muito bom", sublinhou Yevgenia Malyovannaya, residente em Moscovo.

Em Csömör, na Hungria, um supermercado disponibilizou cestos de compras para solteiros à procura de conhecer uma alma gémea em tempo de pandemia. O desafio é simples: basta recolher um cesto e partir à procura da cara-metade, ainda que o cenário não é o mais romântico de todos.

Já em França, a comuna de Médis, em Charente-Maritime, deu aos apaixonados a oportunidade de se declararem através de cartazes de rua. As mensagens serão transmitidas ao longo desde domingo, 14 de fevereiro.