Última hora
This content is not available in your region

Polícia do Capitólio pede reforço de segurança ao Congresso

De  Euronews
euronews_icons_loading
Polícia do Capitólio pede reforço de segurança ao Congresso
Direitos de autor  Carolyn Kaster/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia do Capitólio alertou para uma nova invasão à casa do Congresso norte-americano por parte do que diz ser um "grupo de milícia, identificado" e pediu um reforço de segurança por mais dois meses à Guarda Nacional.

As ameaças levaram ao cancelamento da sessão prevista para esta quinta-feira, como medida preventiva.

Em conferência de imprensa, a líder da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, mostrou-se confiante no trabalho das autoridades e reforçou a ideia de que o local se encontra mais seguro, agora que é cercado por "vedações e a Guarda Nacional". A democrata afirmou que, no entanto, o objetivo não é haver um reforço de segurança, mas sim que "o Capitólio seja respeitado por todos".

Membros do movimento conspiracionista de extrema-direita Q Anon acreditavam que, esta quinta-feira, Donald Trump voltaria ao poder para um segundo mandato.

Apesar das informações na posse das autoridades, o novo golpe nunca chegou a acontecer, mas a polícia do Capitólio assegura estar preparada para impedir qualquer ataque semelhante ao de 06 de janeiro.