Última hora
This content is not available in your region

"Situação crítica" nos hospitais impõe recolher obrigatório em Brasília

euronews_icons_loading
Local improvisado para acolher mais doentes Covid no hospital HRAN
Local improvisado para acolher mais doentes Covid no hospital HRAN   -   Direitos de autor  Eraldo Peres/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

Brasília está sob um recolher obrigatório entre as 10 da noite e as 5 horas da manhã. Entrou em vigor na segunda-feira e permanece até 22 dia, devido à situação crítica das unidades de cuidados intensivos dos hospitais do Distrito Federal com uma lotação de internados por Covid-19 acima dos 90%.

Isentos estão funcionários de serviços essenciais. Quem desrespeitar pode ser multado em até 2000 reais (285 euros). O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar as restrições por considerar que estrangula a economia.

Mas são várias as cidades e Estados brasileiros que decretaram medidas semelhantes.

O Brasil tem batido recordes de mortes por dia devido ao coronavirus. A média em 47 dias é de 1.540 óbitos. No total, dos mais de 11 milhões de casos, já morreram quase 267 mil pessoas.

Além das restrições, a esperança residente na vacinação. Já foram feitas pouco mais de 11 milhões de inoculações, de acordo com as informações disponibilizadas pelas secretarias de Saúde.