Última hora
This content is not available in your region

Manifestantes bloqueiam acesso ao parlamento da Arménia

euronews_icons_loading
Manifestantes bloqueiam acesso ao parlamento da Arménia
Direitos de autor  KAREN MINASYAN/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de manifestantes da oposição arménia bloquearam em Erevan os acessos ao parlamento durante a noite. Exigem a demissão do primeiro-ministro Nikol Pashinian.

Pashinian tem resistido a meses de pressão para se demitir depois do acordo de paz de novembrp que terminou com seis semanas de guerra com o Azerbaijão pela região de Nagorno-Karabakh.

A tensão tem aumentado desde que um grupo de militares enviou uma carta ao chefe de governo a pedir a sua saída. Pashinian recusou e apelidou a carta de tentativa de golpe, ordenando a demissão do chefe do Estado-Maior-General das forças armadas

No centro do descontento está a cedência ao Azerbaijão do controlo setores de Nagorno-Karabakh e distritos dos arredores que a Arménia ocupou no início dos anos 90. O plano de paz foi mediado pela Rússia, depois de importantes perdas e recuos militares da Arménia contra um Azerbaijão apoiado pela Turquia.