Última hora
This content is not available in your region

Mark Rutte a caminho de quarto mandato

euronews_icons_loading
Mark Rutte a caminho de quarto mandato
Direitos de autor  Evert-Jan Daniels/AP2010
Tamanho do texto Aa Aa

Esta quarta-feira, os Países Baixos vão às urnas para o último de três dias ao longo dos quais decorrem as eleições legislativas. A pandemia levou as autoridades a prolongar o período de votação. Neste último dia, as urnas abriram à meia-noite, para evitar as enchentes nas assembleias de voto, o que permitiu a muitos um passeio noturno a que já não estavam habituados depois de dois meses de recolher obrigatório.

Todas as previsões apontam para uma vitória do Partido Popular para a Liberdade e Democracia, de centro-direita, do atual primeiro-ministro Mark Rutte, que deve continuar no poder e assumir um quarto mandato. Por definir estão as eventuais coligações que Rutte terá de formar para poder governar. Atualmente, a coligação de governo é formada por quatro partidos.

O principal rival do atual chefe de governo é o Partido da Liberdade, da direita radical, liderado por Geert Wilders, dado por todas as sondagens como segundo, embora sem hipóteses de entrar no governo devido à barragem feita por todos os partidos do campo moderado

Ainda na área da extrema-direita, o partido Fórum para a Democracia, de Thierry Baudet, deve conhecer uma forte queda, em relação às regionais de há dois anos, devido à defesa de teorias de conspiração sobre a Covid-19 e as vacinas.