Última hora
This content is not available in your region

Páscoa confinada na Alemanha devido à Covid-19

euronews_icons_loading
Páscoa confinada na Alemanha devido à Covid-19
Direitos de autor  Michael Kappeler/(c) dpa/Pool
Tamanho do texto Aa Aa

Após quase doze horas de negociações, a Alemanha decidiu fechar a maior parte das lojas e cancelar as celebrações religiosas no fim de semana da Páscoa, de 1 a 5 de abril. As reuniões estão proibidas assim como a restauração ao ar livre.

"A situação é grave", disse Angela Merkel, "o número de casos está a aumentar exponencialmente e as camas dos cuidados intensivos estão a encher-se novamente". Acrescentando que a Alemanha entrou numa "nova pandemia" devido à propagação de diferentes variantes.

Por essa razão, os dias 1 e 3 de Abril foram decretados como dias de descanso, com grandes restrições nos contactos e foi levantada uma proibição de reuniões até 5 de abril - trata-se de um período prolongado de descanso durante a Páscoa - explicou a chanceler alemã em conferência de imprensa.
Angela Merkel
Chanceler da Alemanha

A Organização Mundial de Saúde considera preocupante que o número de casos tenha aumentado na semana passada após seis semanas de declínio - provavelmente devido às novas variantes. A OMS também é muito crítica em relação à política de armazenamento de vacinas dos países mais desenvolvidos.

A diferença entre o número de vacinas administradas nos países ricos e o número de vacinas administradas através do mecanismo Covax está a aumentar e a tornar-se mais grotesca a cada dia. Os países mais pobres do mundo interrogam-se se os países ricos estão realmente a falar a sério quando falam de solidariedade.
Tedros Adhanom Ghebreyesus
Organização Mundial de Saúde

A AstraZeneca publicou um novo estudo mostrando a eficácia da sua vacina contra a covid-19 e Espanha pretende retomar o processo de imunização com esta opção suspenso a 15 de março, após o aparecimento de casos graves de trombose na Europa. Mas a Ministra da Saúde de Espanha, Carolina Darias, continua à espera de mais pormenores para reavaliar a vacina. De momento a Astrazeneca recomenda-a a todos os adultos com menos de 65 anos.

Isto vai depender também de novos estudos, como o apresentado esta tarde, o novo ensaio clínico da AstraZeneca nos Estados Unidos, com pessoas com mais de 65 anos. Temos informações no comunicado de imprensa, mas queremos saberos detalhes deste estudo exactamente.
Carolina Darias
Ministra da Saúde de Espanha

Muitos espanhóis estão indignados com o facto das deslocações entre regiões serem proibidas, numa altura em que os voos internacionais ainda são permitidos. Nas últimas semanas, muitos turistas alemães e franceses têm chegado ao país, para escapar aos seus próprios confinamentos nacionais, que são mais rigorosos do que os que existem em Espanha neste momento.