EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Alemanha recorda vítimas da pandemia

Alemanha recorda vítimas da pandemia
Direitos de autor Michael Sohn/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Michael Sohn/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Número oficial de mortos situa-se praticamente nos 80 mil. A Alemanha é o quinto país europeu mais afetado pela pandemia

PUBLICIDADE

A Alemanha recordou este domingo os quase 80 mil mortos causados pela pandemia.

O tributo tem lugar numa altura em que o país enfrenta uma nova vaga de infeções.

A homenagem teve lugar na Ópera de Berlim e contou com a presença do Presidente Frank-Walter Steinmeier e da Chanceler Angela Merkel.

Familiares de vítimas desaparecidas no último ano participaram igualmente na cerimónia.

O presidente Steinmeier recordou que por detrás dos números e estatísticas estão seres humanos.

"Hoje não olhamos para os números e estatísticas, mas sim para aqueles que desapareceram. Deixaram lacunas nas famílias, nos círculos de amigos, no bairro, nos colegas de trabalho, na nossa sociedade, e não regressarão. Mas permanecerão nas nossas memórias, não serão esquecidos", afirmou o Presidente alemão, Frank-Walter Steinmeier. 

O número oficial de mortos na Alemanha atinge os 79 914, um aumento de mais 67 relativamente ao dia anterior. 

A Alemanha ocupa o quinto lugar na lista de países com mais fatalidades na Europa. A lista é encabeçada pelo Reino Unido.

A chanceler está a tentar aprovar uma lei com poderes de emergência para impor restrições em áreas que ultrapassem uma taxa de infeção de 100 novos casos por 100 mil habitantes. Este domingo, a  taxa nacional situava-se nos 162 casos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bruxelas espera que Alemanha não atrase a "bazuca" contra a crise

Alemanha só aplica vacina da AstraZeneca a maiores de 60 anos

Páscoa confinada na Alemanha devido à Covid-19