Última hora
This content is not available in your region

Agente da polícia confundiu arma de serviço com 'taser'

euronews_icons_loading
Agente da polícia confundiu arma de serviço com 'taser'
Direitos de autor  Jim Mone/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A morte de Daunte Wright, um jovem negro, na cidade de Minneapolis, no domingo, terá ocorrido de forma acidental.

De acordo com as imagens das câmaras usadas na farda dos agentes, e divulgadas pela polícia de Brooklyn Centre, a agente em causa disparou a arma de serviço ao invés de ativar um Taser, como pretendia.

O incidente ocorreu nos subúrbios da cidade, durante um controlo rotineiro, quando a polícia estava a tentar prender Wright com base num mandado pendente.

A morte do jovem ocorreu a poucos quilómetros do local onde, em maio de 2020, George Floydd, morreu durante uma detenção policial. Esta nova morte desencadeou violentos protestos contra a violência policia contra membros das minorias étnicas. As autoridades locais foram obrigadas a impor um recolher obrigatório, uma medida imposta também na noite desta segunda-feira.